Repercussões do Vaticano II na Igreja latino-americana: Conferência de Melellín

4


O Concílio Vaticano II foi o maior acontecimento do século para a Igreja Católica, inaugurando um novo período de sua milenar história. Dele se originou um processo de abertura, renovação e participação na Igreja.
Muito mais do que os documentos produzidos, o Concílio Vaticano II significou, antes de tudo, uma verdadeira profecia que, como tal, incomodou, desinstalou e provocou reações diversas, não sem dor e sofrimento.
Em terras latino-americanas, o tempo pós-conciliar foi realmente de grandes renovações sinalizadas pelas conferências gerais dos bispos do Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam), com suas reflexões e documentos.

Conferência de Medellín: durante o Concílio Vaticano II, nasceu entre os bispos do continente a ideia da II Conferência Geral do Celam.
Paulo VI acolheu tal proposta, convocou e abriu solenemente essa Conferência, que se realizou de 24 de agosto a 6 de setembro de 1968 em Medellín, na Colômbia.
O tema escolhido “A Igreja na presente transformação da América Latina à luz do Concílio Vaticano II” revelava a decisão da Igreja em assumir os desafios da realidade à luz da fé e reorientar sua prática pastoral. A situação de miséria coletiva, desigualdade, injustiça e opressão, cristalização do pecado levou os bispos a levantarem sua voz profética, assumindo a causa dos pobres, colocando-se num processo de conversão na busca da promoção humana, da evangelização e da renovação de suas estruturas. Nessas Conferências, foram elaborados 16 documentos: Justiça, Paz, Família, Demografia, Educação, Juventude, Pastoral Popular, Pastoral de Elites, Catequese, Liturgia, Movimentos de Leigos, Sacerdotes, Religiosos, Formação do Clero, Pobreza da Igreja, Pastoral de Conjunto e Meios de Comunicação. Neles estavam delineadas as grandes opções de Medellín: CEB’s, pobres, compromisso com movimentos sociais, teologia da libertação e outras que mostravam uma Igreja com rosto próprio e maduro, no mundo, a serviço do mundo.


Na próxima postagem sobre as repercussões do Concílio falaremos de Puebla!


Fonte: Agenda Catequética 2012. Editora Paulus.


4 comentários:

EDUARDO sim sou eu disse...

gostaria que comentassem em uma nova postagem como foi aplicado esses 16 documentos como foram vivenciados, seus acertos e seus erros isso se for possivel pois o tema é apaixonante e pouco divulgado

Claudia de Jesus Pinheiro disse...

Olá Catequista Unido!
Vamos continuar juntos em 2013? Nosso selinho novo já saiu, passe lá no blog para pegar e confirmar sua presença na lista atualizada que sairá dia 11 de janeiro. Estamos lhe esperando!
http://www.catequesenanet.com.br/2013/01/catequistas-unidos-novo-selo.html

Jonathan Cruz disse...

Oi Clécia e Sandra!
Clécia venho agradecer pelo comentário lindo lá no blog, obrigado pelo elogio. Foi uma pena não ter sua participação na promoção, mas com as bençãos de Deus próximas virão ok?
Desejo um ano de muita paz para essas duas jóias raras (Clécia e Sandra), que Deus cubra vocês duas com muitas bençãos.
Um 2013 unido, unido e unido para todos nós catequistas!
PAZ E LUZZZZZZZZZZ

josejesusprado2@hotmail.com disse...

Ola Clecia muita paz.De coração eu te digo o melhor presente que recebi neste começo de ano foi o seu comentario,pois você foi minha primeira amiga na net la chat amigos na fé,e tambem é uma das melhores que tenho,UM ABRAÇO FIQUE COM DEUS.

Postar um comentário

Que a graça e a paz de Nosso Senhor Jesus Cristo lhe acompanhem!
Seu comentário é precioso.
Muito obrigada!
Afetuosamente,
Clécia e Sandra

Related Posts with Thumbnails