Uma historinha para refletir

4

Certa vez, ao visitar uma enorme construção, uma pessoa parou diante de um operário e perguntou-lhe o que estava fazendo. O trabalhador respondeu: "Estou assentando tijolos".

Continuando seu passeio, o visitante fez a mesma pergunta a um segundo operário, recebendo como resposta: "Uma parede". Mais adiante, inquirindo um terceiro trabalhador (a fazer a mesma coisa que os dois primeiros), teve como resposta: "Estou construindo uma catedral".

Por que nossos sonhos não se tornam realidade? A estória acima nos ajuda a entender um pouco esta questão. Aquele que está fazendo uma parede não tem sonhos, simplesmente está juntando tijolos e argamassa e, para seu suplício, isto vai se repetir dia após dia. O primeiro, que está somente assentando tijolos, está em situação ainda pior, não sabendo se os tijolos vão constituir uma parede curta ou longa, alta ou baixa. Nem quantos são os tijolos...

O terceiro trabalhador, todavia, está construindo uma catedral. Em sua mente, ao trabalhar, vê, com clareza, a imponência do edifício e antevê as solenidades que ali ocorrerão, trazendo multidões. Com esta imagem precisa, certamente suas forças e seu interesse se multiplicarão. Terá imenso cuidado e incontida alegria a cada tijolo acrescentado; parará, por vezes, para mirar com admiração e orgulho o seu trabalho já feito e para imaginá-lo já concluído. Nada será capaz de tirá-lo ou desviá-lo de seu objetivo. Suportará e vencerá os obstáculos.

E por que? Porque tem um sonho, que se traduz em um objetivo, em uma razão fortíssima para estar ali, como os demais, assentando tijolo por tijolo, parede após parede, mas diferentemente dos demais, persegue um horizonte para vislumbrar e uma meta possível de se alcançar.

E nós? O que estamos fazendo? Assentando tijolos, fazendo paredes ou construindo uma catedral? Transmitindo idéias, repetindo palavras da Escritura, ou educando consciências para a fé em Jesus?

Estamos sempre em atividade, fazendo muitas coisas, o dia todo, o ano inteiro, estamos desempenhando tarefas. Mas, e os resultados? E as conseqüências do nosso serviço voluntário?

Às vezes não sabemos o que estamos fazendo numa dimensão maior. O terceiro pedreiro estava convicto da sua missão e se dedicava incansavelmente a "construir uma catedral". E nós o que estamos construindo com nosso esforço, amor e dedicação?

4 comentários:

Rosane Viana disse...

Meninas amei o novo visual do blog,e esta mensagem realmente nos faz pensar na nossa caminhada e nos frutos que estamos colhendo,nos faz pensar se estamos certos do que realmente estamos fazendo ou querendo fazer, só temos que elevar nossas preces ao Senhor para que Ele nos dê a convicção do terceiro operário,beijos fiquem com Deus

Kesia Lima disse...

Linda história! Ela realmente nos proporciona uma bela reflexão. Um grande abraço e parabéns pela dedicação, o blog está cada dia mais lindo. A paz de Jesus esteja sempre convosco!

Orvalho do Céu disse...

Ola
Se nao for por preguica podemos ate construir uma casinha de palha... o importante e construir sempre...
Bjm de paz e otima semana
(desculpe-me o teclado nao estar acentuando)

Anônimo disse...

adorei a historinha
coloquem mais!!

Postar um comentário

Que a graça e a paz de Nosso Senhor Jesus Cristo lhe acompanhem!
Seu comentário é precioso.
Muito obrigada!
Afetuosamente,
Clécia e Sandra

Related Posts with Thumbnails